A previsão de chegada das vacinas de H1N1 está definida para 26 de março, quem traz o destaque é a consultora na área da Saúde, Valéria Riccio Genovezzi

Usando máscara, o presidente Jair Bolsonaro sanciona lei que facilita compra de vacinas contra Covid-19. Ele costuma criticar o uso da máscara como proteção contra a contaminação pelo coronavírus, mas ontem (10/03) mudou o posicionamento.

Acompanhe a participação especial da administradora hospitalar, especializada em Gestão Pública e consultora na área da Saúde, Valéria Riccio Genovezzi, que está há 24 anos trabalhando na área e destaca que a chegada da vacina da gripe facilitará a vida dos profissionais da Saúde. “O diagnóstico será mais rápido da Covid.

Com as incertezas sobre a vacinação, a população questiona posso tomar a vacina da gripe?”. A especialista ressalta “é importante tomar, a vacina faz as células do sistema imunológico reagirem aos ataques”. Inclusive ela garante que não há malefício em tomar as duas vacinas e o mais arriscado é não tomar.

Valéria também comenta a politização em torno do plano de imunização e controle do número de doses. Segundo ela, nenhum secretário de Saúde ou político deveriam ter bandeira política. A Saúde é um bem maior, não pode estar refém de interesses partidários”. Acompanhe