O vereador Clodoaldo de Moraes (PL) comenta sobre as discussões e reuniões para chegar a um consenso para combater a Covid-19 sem deixar os comerciantes continuarem tendo prejuízos

Entidades representativas dos setores econômicos de Mogi das Cruzes se unem para tratar do funcionamento do comércio durante o período de pandemia, unindo a Comissão Permanente de Comércio, Agricultura e Direito do Consumidor da Câmara. Uma nova reunião já esta marcada para o dia 20 de abril para analisar novos desdobramentos pós fase crítica, que acaba oficialmente no próximo domingo (11/04). Acompanhe a entrevista com o presidente da Comissão, o vereador Clodoaldo de Moraes (PL) que se reuniu ontem (08/04) com a Associação Comercial de Mogi das Cruzes, Sincomércio, Associação dos Empresários Contábeis e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP). O vereador também contou a sua trajetória até chegar ao terceiro mandato e como está a sua atuação no Legislativo. O vereador aponta para “crise institucional” por falta de diálogo entre os poderes da cidade Executivo e Legislativo.

“A Câmara não quer tencionar o governo e causar mais um problema. Como somos a Casa do povo queremos sugerir e dar apoio, os vereadores são porta vozes das pessoas, mas falta diálogo por parte do prefeito Caio Cunha”, ressaltou. O parlamentar também citou a preocupação em relação ao caso da ocupação irregular no bairro de Brás Cubas. Segundo ele, o prefeito não consegue mais resolver a situação da ocupação e estamos com mais um problema de regularização fundiária no munícipio.