O nome do santo recordado neste dia, significa: “audaz”.

De origem simples, pobre, agrícola, Medardo tinha a maior riqueza: a fé no amor de Deus. Ele foi crescendo na piedade e na generosidade, tanto que, diante de um pobre viajante, que, tendo sido roubado o seu cavalo,  ele chorava copiosamente e, por isso, o santo deu a ele generosamente o seu próprio cavalo.

Medardo queria uma vida de consagração total. Seu pai, que o conhecia e amava, foi quem mais o ajudou a perceber sua vocação ao sacerdócio ordenado. Com 33 anos ele tornou-se padre. Um homem apostólico que preferia os pobres e mais sofridos.

Ouça todos os dias a mensagem de fé e oração com o padre Jonatas Diniz, no Radar Noticioso, aqui no Spotify ou às 6 horas da manhã na Rádio Metropolitana, AM 1070.