Imagem Divulgação

Renata de Cássia Yoshifusa, de 21 anos, e Roberta Yuri Yoshifusa, de 16 anos. As irmãs foram assassinadas em 2011 na casa onde moravam em um bairro nobre de Mogi das Cruzes. Mesmo com queda recorde de mortes de mulheres, Brasil tem alta no número de feminicídios em 2019. São 3.739 homicídios dolosos de mulheres no ano passado, uma queda de 14,1% em relação a 2018. Apesar disso, houve um aumento de 7,3% nos casos de feminicídios – crimes de ódio motivados pela condição de gênero. As motivações apresentadas são muitas, mas os alvos compartilham de apenas uma característica biológica: o sexo feminino.