Foto: Getty Images

A educomunicação é a forma de educar através da utilização dos recursos de mídia, tais como câmeras, filmadoras, gravadores de som, computador, celulares, entre outros, muitas vezes com o objetivo de desenvolver um trabalho coletivo. Este método norteia-se na comunicação em massa e a mídia em geral.

Uma vez que atualmente crianças, adolescentes e até adultos estão imersos no universo digital, propor uma metodologia de ensino aprendizagem pautada em recursos de produção midiática, fascina e atrai os alunos.

Dentro da “cultura maker” presente em muitas escolas atualmente, o binômio Educação e Comunicação propõe aos alunos o ato do fazer, produzindo materiais sobre os conteúdos abordados. Quando se pratica esta proposta, os docentes conseguem aumentar o interesse dos alunos nos temas desenvolvidos, bem como sua imersão nas atividades.

Foto reprodução

O envolvimento na produção de conteúdo dos fatos do cotidiano, colabora com o plantar reflexivo no aluno, pois desenvolve a curiosidade, tornando o ato de realizar pesquisas uma forma lúdica e atraente de se fazer.

Quando há o envolvimento do aluno em produzir algo sobre uma temática utilizando as linguagens de seu uso cotidiano, a aprendizagem ajuda a fixar e expandir o conhecimento adquirido.

É fato que os alunos sempre estão ávidos por fazer, o que se faz muitas vezes necessário, é que os docentes estejam preparados e dispostos a colaborar com a condução deste processo.

Bem, mãos a obra.