Termina amanhã o período da janela partidária que movimenta as conversas de lideranças políticas com parlamentares para aumentar as bases legislativas nas Câmaras Municipais. A janela partidária é quando vereadores podem mudar de legenda para concorrer à eleição de outubro, sem risco de perda de mandato por infidelidade partidária. Mas, apesar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinar que o cronograma eleitoral está mantido, mesmo em meio à crise do novo coronavírus, por outro lado, cientistas políticos e vereadores avaliam que o processo eleitoral já está comprometido e que com o aumento de casos e de mortes por conta da doença, se torna cada vez mais necessário o adiamento das eleições de 2020.

 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

A post shared by Marilei Schiavi (@marileischiavi) on