Enquanto alguns presidentes de partidos acreditam no adiamento das eleições para novembro, a Procuradoria Geral da União (PGR) enviou ao Congresso Nacional um parecer contra o adiamento das eleições municipais. Quem comenta agora sobre a divisão das expectativas no calendário eleitoral é o ouvidor geral e chefe de Gabinete de Mogi das Cruzes, Romildo Campello. Ele também analisa os assuntos da semana agora no Radar Noticioso.