Mais de 9.000 atendimentos relacionados ao COVID-19 foram registrados no Procon do Governo do Estado de São Paulo, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania do , até o dia 26 de março. As agências de viagem respondem por 53% das demandas dos consumidores com 1.934 queixas, seguidos pelas companhias aéreas com 32% do total (1.166 registros). Hoje, no Radar Noticioso, o diretor executivo do Procon de São Paulo, Fernando Capez, vai trazer dicas e orientações aos consumidores sobre abusividade de instituições financeiras em plena crise de coronavírus.

 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

A post shared by Marilei Schiavi (@marileischiavi) on