O câncer de mama é o mais incidente em mulheres no mundo, quem destaca é o médico mastologista, ginecologista e obstetra, Dr. Adriano Baeta

Já se passou praticamente 1 ano de pandemia e profissionais da área da Saúde continuam na linha de frente de combate à Covid-19. O médico mastologista, ginecologista e obstetra – que completa 25 anos de formação – prestando serviços para Mogi das Cruzes através de atendimentos no Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo e Ambulatório Médico de Especialidades, Dr. Adriano Baeta, traz orientações sobre a importância da prevenção e dos cuidados com a Saúde relembrando a homenagem que fez através de uma música dedicada a todos que ajudaram a salvar vidas. O mastologista explica que o câncer não é uma doença que se desenvolve gradualmente e de forma coordenada, portanto um paciente pode apresentar uma mudança de estágio significativa em pouco tempo, por isso a importância de dar continuidade aos tratamentos. Dr. Baeta deixa a recomendação de que todas as pessoas com problemas mamários procurem os médicos mastologistas o quanto antes, alertando pacientes para que não interrompam o tratamento devido a pandemia, medida que evita riscos e quadros cumulativos. Em razão da Covi-19 o número de diagnósticos caiu, por isso o médico reforça que todos devem prestar muita atenção para o aparecimento de nódulos, cistos, ferimentos ou protuberâncias nas mamas porque quanto mais cedo o início do tratamento, menos letal é a doença.