O presidente do Condemat e prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, traz destaques para as ações de combate na região, além da nova medida que aplica multa por não uso de máscara

texto: Em reunião com o Governo do Estado de São Paulo, o Condemat pede mais vacinação, leitos de UTI, além de restrições, como “lockdown”. Os pedidos foram feitos em uma reunião virtual com cerca de 440 representantes dos municípios e Estado. O prefeito de Suzano e presidente do Consórcio de Desenvolvimento do Alto Tietê, Rodrigo Ashiuchi (PL), solicitou a adoção de várias ações como a restrição do transporte público como trem e metrô.

Em Mogi das Cruzes, hoje começa a fase “crítica” com ampliação das restrições inclusive de circulação de pessoas nas ruas da cidade. Com a lotação dos leitos de Covid-19 nas enfermarias e UTIs da região, os prefeitos endurecem as regras de fiscalização de aglomerações, fecham os serviços não essenciais e pedem para a população “ficar em casa”.

Com 106 leitos, Suzano é uma das cidades do Alto Tietê que tem a taxa de ocupação de leitos elevados, sem vagas nas redes públicas e a até privadas, Rodrigo Ashiuchi validou na semana passada um decreto que punibiliza quem estiver em espaço público sem máscara. “Não queremos prejudicar ninguém nem sair aplicando multas, a medida serve para alertar sobre a responsabilidade do uso, e dar suporte para a fiscalização. Esse simples ato que pode salvar vidas”, ressaltou.

Inclusive o prefeito alerta sobre o protocolo: primeiro uma advertência, segundo uma multa de R$ 250, 00 e com uma reincidência, e na terceira vez, uma multa com aplicação no valor de R$ 1000,00. Acompanhe