Motoristas da empresa de ônibus Expresso Planalto, que são exclusivamente responsáveis pelo transporte público de Itaquaquecetuba, entraram em greve nesta manhã de quarta-feira (9/9).

A empresa tem uma frota estimada em 100 ônibus. Cerca de 90 motoristas estão parados na garagem da Expresso Planalto.

A assessoria da Prefeitura de Itaquaquecetuba informou que o secretário de Transportes da cidade, Rosinaldo Castro, está em reunião com a empresa. Ainda de acordo com a assessoria, a greve não teve aviso prévio, como determina a lei, portanto, a manifestação é considerada irregular.

Segundo as informações, o motivo da greve dos motoristas é por causa de reivindicação por reajuste salarial.

Em novembro do ano passado, a Expresso Planalto comprou as operações da CS Brasil, antiga responsável pelo transporte público de Itaquaquecetuba.

View this post on Instagram

❗️ATENÇÃO ITAQUÁ ❗️Motoristas da empresa de ônibus Expresso Planalto, que são exclusivamente responsáveis pelo transporte público de Itaquaquecetuba, entraram em greve nesta manhã de quarta-feira (9/9). A empresa tem uma frota estimada em 100 ônibus. Cerca de 90 motoristas estão parados na garagem da Expresso Planalto. A assessoria da Prefeitura de Itaquaquecetuba informou que o secretário de Transportes da cidade, Rosinaldo Castro, está em reunião com a empresa. Ainda de acordo com a assessoria, a greve não teve aviso prévio, como determina a lei, portanto, a manifestação é considerada irregular. Segundo as informações, o motivo da greve dos motoristas é por causa de reivindicação por reajuste salarial. Em novembro do ano passado, a Expresso Planalto comprou as operações da CS Brasil, antiga responsável pelo transporte público de Itaquaquecetuba. . . Nota oficial sobre a greve na empresa Expresso Planalto A Prefeitura de Itaquaquecetuba informa que a paralisação ocorrida nesta quarta-feira, 9, de setembro foi liderada por cerca de 20 funcionários sem o apoio do sindicato da categoria, uma ação totalmente ilegal pois não houve um prévio aviso e impediu a saída de 100% da frota de veículos. Por volta das 13 horas as partes entraram em um acordo e os veículos começaram a sair da garagem. A Prefeitura está tomando as medidas cabíveis, seguindo os termos do contrato, apurando a quantidade de viagens perdidas para consequentemente gerar notificação e multa a empresa Expresso Planalto. A administração lamenta a situação ocorrida no dia de hoje causando prejuízos a cerca de 15 mil usuários e irá tomas as medidas jurídicas necessárias para se apurar as responsabilidades sobre a paralisação. #greve #ônibus #itaquaquecetuba #itaqua #expressoplanalto

A post shared by Marilei Schiavi (@marileischiavi) on