Nasceu na França, no século IV. Desde muito cedo, sentiu o chamado à vida sacerdotal.

Sucedeu Agrício, e teve de combater o Arianismo, que confundia muitos cristãos.

São Maximino apoiou Santo Atanásio nessa luta, sofreu com ele, e se deparou até com o Imperador. Bispo da Igreja, viveu seu magistério e serviço à Palavra sob ataques, mas não conseguiram matá-lo. Viveu até o ano de 349, deixando este testemunho e convocação: sermos cooperadores da verdade.

O santo de hoje é um ícone do amor a Cristo, a Igreja e a Verdade.

Ouça todos os dias a mensagem de fé e oração com o padre Jonatas Diniz, no Radar Noticioso e às 6 horas da manhã na Rádio Metropolitana, AM 1070.