Lana Camargo começou a sua carreira como assessora do ex-colunista, arquiteto e paisagista Fernando Yamasaki, atuou em diversos veículos de comunicação e aos poucos foi migrando para as redes sociais.

COMUNICAÇÃO: Com uma trajetória de mais de três décadas em Mogi das Cruzes, Suzano e todo Alto Tietê, a jornalista Lana Camargo fez uma análise sobre a evolução da cobertura jornalística na região com a era digital. Fundadora do Lana News, ela explicou como se reinventou profissionalmente com a migração do impresso para as Redes Sociais.

Lana Camargo contou que cursou Magistério, mas quando recebeu o convite do então colunista do Diário de Suzano, o arquiteto e paisagista Fernando Yamasaki, aceitou trabalhar ao seu lado e foi fazer assessoria social. “O Fernando era o top do colunismo social na região junto com o Willy Damasceno. Eu fui pegando gosto, entrei para a faculdade de Jornalismo e comecei a trabalhar no Diário de Suzano. E aí a minha carreira foi deslanchando, fui fazendo o social, geral, muita coisa. Com isso eu fui crescendo, me formei e vim trabalhar aqui na Metrô, na Transcontinental, no Mogi News e fiquei lá por 10 anos”, relembrou.

Lana Camargo afirmou que sua carreira sempre foi para o lado mais social, de festas e ‘glamour’ e que aprendeu muito com o Fernando e com o Willy Damasceno a enaltecer as pessoas. Com a chegada das redes sociais, ela sentiu a necessidade de migrar para o online e criou o “Lana News” no Facebook e no Instagram. A jornalista traz vários ‘furos’ de reportagem, além de dar dicas e sugestões de lojas e ser a porta-voz de um trabalho de utilidade pública noticiando os falecimentos das pessoas da região a pedido dos seus seguidores.

Quer saber mais sobre a Lana Camargo? Acompanhe a entrevista completa.