O coordenador da Câmara Técnica de Educação do Condemat, Leandro Bassini, faz um balanço sobre o impacto da decisão no Alto Tietê

Justiça suspende retorno das aulas presenciais no Estado de São Paulo. A decisão, que vale para escolas públicas e privadas, barra decreto do governador João Doria que permitia aulas presenciais mesmo se o Estado registrasse piora nos índices da pandemia de Covid-19. O Governo vai tentar reverter a decisão, mas as escolas marcam a volta às aulas para o dia 8 de fevereiro de maneira remota. O coordenador da Câmara Técnica de Educação do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) e secretário de Educação de Suzano, Leandro Bassini, traz mais informações sobre os planos da retomada das atividades escolares. O Tribunal de Justiça de São Paulo opta pela retomada presencial para o futuro, somente após professores serem vacinados. Enquanto isso Mogi e Suzano divulgam início do ano letivo, as aulas remotas retornarão dia 08 de fevereiro.