O vereador Marcelo Porifirio da Silva, que teve o maior número de votos para vereador no município, responde à Justiça às acusações do jornalista Mário Berti

Justiça Eleitoral de Mogi ouve hoje (08/01) o vereador Marcelo Porifirio da Silva (PSDB), o Marcelo Brás do Sacolão, que responde à Justiça às acusações do jornalista Mário Berti. O processo, que corre em sigilo de Justiça, diz respeito à captação ilícita de sufrágio (compra de votos) por meio de realização de churrasco com bebidas e a utilização de página comercial na internet para a realização de campanha eleitoral de abuso de poder econômico com captação ilícita por meio de distribuição gratuita de churrascos, alimentos e bebidas a eleitores. O vereador conversou com a Rádio Metropolitana e disse que vai prestar todas as informações para a Justiça: “essa ação vai deixar o mandato ainda mais transparente”.