Presidente da ACMC, Fádua Sleiman, destaca como os empreendedores devem reduzir perdas ocasionadas pela pandemia

A presidente eleita da Associação Comercial de Mogi das Cruzes, Fádua Sleiman, destaca em entrevista especial para a Rádio Metropolitana como os empreendedores devem buscar opções para tentar reduzir perdas ocasionadas pela pandemia. Fádua, que assumirá a ACMC oficialmente no dia 26 de janeiro, está realizando uma série de ações junto aos comerciantes e agricultores. Um desses trabalhos é luta contra o aumento do Imposto Sobre a Circulação de Bens e Serviços (ICMS), proposto pelo Governo do Estado. “O reajuste no ICMS no momento em que o comércio começa a se recuperar dos impactos da pandemia, é muito prejudicial. Sabemos que o aumento de impostos afetará, especialmente, o pequeno e o médio empreendedor, além dos prestadores de serviços, que não contam com reservas financeiras.”