A produtora cultural e escritora Carla Pozo destaca a iniciativa em parceria com o Instituto Léa Campos e traz mensagem sobre resiliência, em que ressalta a necessidade de “sentir o luto e todos os sentimentos”

Projeto que incentiva a arte “Vista-se de Poesia” realiza exposição a partir da próxima quinta-feira (10/06) e segue até o final do mês. Em tempos de pandemia, o objetivo da exposição é “ressignificar sentimentos com auxílio da arte como ferramenta de reflexão e cura”. Hoje no Radar quem traz o destaque sobre a ação, uma iniciativa em parceria com o Instituto Léa Campos, é a escritora e produtora cultural Carla Pozo.

Ela que perdeu a mãe e o padrasto para a Covid-19 praticamente no mesmo dia e fez questão questão de deixar uma mensagem. “Sentir o luto e todos os sentimentos é uma necessidade que temos para superar a dor da perda”. Segundo a produtora, ignorar ou amortecer os próprios sentimentos em razão da pandemia não é saudável. “Falar de luto nem sempre é fácil, pois grande parte da população tem dificuldade em aceitar a perda, seja ela financeira, emocional ou pela dor de ter perdido um ente querido. E nesse sentido, a arte surge como uma forma de encarar todos os sentimentos”, destaca Carla Pozo.

Assim como a escritora transformou seu luto em obras, ela convida que pessoas solidárias e cansadas da situação de pandemia busquem conhecer seu trabalho e agregar no projeto. Para ter acesso ao catálogo das obras basta entrar em contato com a produtora através do número (11) 957298543, ou pelo perfil no Instagram @carla.pozoo. Acompanhe para conhecer as ações do Instituto Léa Campos.