Setores comerciais realizaram carreata contra a restrição de funcionamento. O empreendedor Pablo Monteiro explica os motivos da manifestação

Comerciantes dos setores de bares, restaurantes, academias e eventos se reuniram na manhã de ontem, quinta feira (28/01), em Mogi das Cruzes, em uma carreata contra a restrição de funcionamento das 20 às 6 horas e aos finais de semana imposta pela fase vermelha do Plano São Paulo. Acompanhe a participação especial do empreendedor e gestor em Políticas Públicas, Pablo Monteiro, que também comenta a posição da cidade no ranking nacional de empreendedorismo. Segundo avaliação do Governo Federal, Mogi está em 26° posição entre as 100 cidades mais populosas do país, mas somente em 2020 a região teve 257 empregos formais extintos. No último semestre a região teve o faturamento menor que o previsto, com menos 80% da sua arrecadação. O mal estar econômico e a crise financeira que atingiram os negócios, obrigaram o comerciantes a irem para as ruas para impedir o fechamento de mais portas.