Entre requerimentos, indicações e moções, os vereadores discutem os assuntos importantes de Mogi

Os vereadores da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes debateram ontem (30/03) os principais assuntos da cidade, principalmente sobre a crise da Covid-19, que atinge a sociedade com o recorde no número de mortes e internações com lotação das UTIs da cidade. Os parlamentares fizeram questão de prestar uma homenagem ao médico pneumologista Dr. Luiz Carlos Pereira, com a aprovação de moção de pesar pela morte do especialista em decorrência do mal de Alzheimer.

Esse foi um dos destaques do presidente da Mesa Diretiva Dr. Otto Rezende (PSD). Os vereadores também aprovaram uma moção de pesar a todas as vidas perdidas por causa do vírus da Covid-19 que até ontem totalizaram 875 perdas. Segundo os dados do Consórcio de Desenvolvimento do Alto Tietê, Mogi é a cidade da região com o maior número de óbitos.

O vereador Edson Santos (PSD) aprovou uma moção de apelo ao Governo do Estado de São Paulo para solicitar a instalação de uma nova unidade do Bom Prato em Jundiapeba. “É uma maneira de combater a fome de mogianos em situação de vulnerabilidade social”. O parlamentar também solicitou o retorno do Comitê de Ação Social e Econômica para direcionamento de cestas básicas para as famílias carentes.

Os vereadores Inês Paz (PSOL) e Iduigues Martins (PT) reforçaram o pleito para que a Prefeitura faça um projeto de lei para a criação de auxílio emergencial municipal para pessoas em risco social. Acompanhe